Concessão das linhas suburbanas da CP não deverá acontecer antes de Setembro (20.04.2011)

Ir em baixo

26052011

Mensagem 

cp Concessão das linhas suburbanas da CP não deverá acontecer antes de Setembro (20.04.2011)




Estado poderá ser o concessionário
Concessão das linhas suburbanas da CP não deverá acontecer antes de Setembro


A concessão das linhas suburbanas da CP de Lisboa e Porto não deverá acontecer antes de Setembro. A medida, prevista no Orçamento de Estado para 2011, incumbia a CP de apresentar ao Governo estudos preparatórios com vista à eventual concessão da exploração destas duas unidades de negócio da empresa, com o Governo a prever, na altura, lançar até ao final de 2011 os respectivos procedimentos pré-contratuais para estas concessões, se os estudos realizados e as condições envolventes estivessem concluídas e avalizadas.
Segundo a Transportes em Revista (TR) apurou, o Conselho de Administração da CP terá decidido, em meados de Fevereiro, contratar a realização do estudo, estando sete empresas de consultadoria envolvidas no concurso: At Kearney Portugal, Consultadoria de Gestão; Capgemini Portugal, serviços de consultoria e Informática; Integração e Inovação, Consultores de Gestão; KPMG II, Consultores de Negócios; New /Next Moves, Consultoria de Gestão; Roland Berger, Consultores de Estratégia; e The Boston Consulting Group – apurou a TR. Terminado o prazo de apresentação a concurso no final do passado mês de Março, as empresas dispõe agora de três meses para apresentar os estudos relativos aos modelos e condições da concessão de exploração destes serviços ferroviários de passageiros.
Segundo fonte próxima do processo revelou à TR, em causa estão não só as análises dos modelos de concessão e das linhas a serem concessionadas, como também «o estudo referente a quem deve ser a entidade concessionária: se o operador, a CP, ou o próprio Estado». De acordo com a mesma fonte, «mesmo que o processo de decisão fosse bastante célere, entre a entrega do estudo, a decisão e a elaboração do caderno de encargos, o lançamento do concurso para a concessão nunca seria possível, na melhor das hipóteses, antes de Setembro».
Recorde-se que a decisão de avançar ou não com a concessão da exploração do serviço ferroviário de passageiros das linhas suburbanas de Lisboa e do Porto caberá ao novo Governo. No entanto, a decisão foi apoioada pelos dois principais partidos, PS e PSD, aquando da aprovação do Orçamento de Estado para 2011.

In: http://www.transportesemrevista.com//Default.aspx?tabid=210&language=pt-PT&id=3039

_________________________________
avatar
SMTCB-Fórum
Fórum Admin

Mensagens : 1550
Registado : 14/02/2008

http://www.smtcb-forum.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Compartilhar este artigo em: diggdeliciousredditstumbleuponslashdotyahoogooglelive

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum